Burn, baby, burn…

Eu comi sushi e sashimi. E teriyaki. E bastante.

Dia primeiro de Maio, além de ser Dia do Trabalho, é aniversário da Rebeca. Neste ano fomos eu, ela, a mãe dela e meu pai no Dado Bier do Bourbon Country.
A escolha foi pra agradar “gregos e coreanos”, pois meu pai não come comida japonesa nem se a vida dele depender disto, e a Denise até come, mas não é muito chegada. Eu e a Rebeca somos. E bastante.
Mas confesso que até fiquei com um pouco de inveja deles:
Este é o “Filé Tradicional”. Como o nome sugere, não tem nada de muito exótico, mas é muito gostoso e bem preparado. O bife é bem grosso e a coisa amarelada tapando ele nesta foto horrível que eu tirei é uma batata coberta com catupiry. Aquilo no potinho é molho barbecue, ou barbicuí como dizem alguns (vou apanhar por causa disso…) Meu pai, como bom pai do seu Ricardo Atencio disse que estava “bom”, naquela entonação de “é o que tem, fazer o que, né…” mas não deixou NADA no prato. Típico. Eu peguei um pedaço e achei ótimo. Bifes grossos são difícies de acertar, mas aquele estava perfeito.
file dado

Este é o “Frango Marroquino”, que tem uma porção de cuscus (cuzcuz? couscous? couzcouz?) no meio e pedaços de frango recheado com Gruyére de verdade, (ouviu Dona Bostarella Barbarella Bakery?!?), molho de ameixas e laranja caramelada e castanha de cajú por cima. Pode soar como uma mixórdia pretensiosa, mas a combinação fica ótima e os ingredientes se harmonizam bem. Não deixe se enganar pela foto: não é a porção que é pequena, o prato é que é enorme.
frango marroquino

Ambos os pratos oferecem uma quantidade razoável de comida por um preço igualmente razoável.
O Filé sai por R$32 e o Frango por R$24. Praticamente o mesmo preço da comida japonesa (que melhorou bastante e merece um post só sobre isso).
Quero ir lá de novo experimentar mais coisas do cardápio. O brabo vai ser resistir ao sushi e sashimi…

Anúncios

2 Respostas

  1. Rebeca

    Eu confesso, se inveja matasse eu tinha caído durinha na mesa aquele dia. Os pratos deles estavam deliciosos, principalmente o que minha mãe pediu – para quem gosta de sabores exóticos é uma ótima sugestão!

    maio 7, 2008 às 11:15 pm

  2. klutz

    Quando se fala de sushi(preferencialmente buffet), dá vontade de falar aquele slogan do McDonalds: “Amo muito tudo isso”.Olha, quando o assunto é ir no Dado, sinceramente eu não perdôo e meto o pé na jaca. E o resultado comum acaba sendo eu comendo como um louco, o Guilherme uma volta atrás e a Rebeca na parceria para alguns sushis doces mas na lanterna. Quando a Milena pode ir junto ela também fica na lanterna, mas o surpreendente é que na lista de preferências dela comida japonesa vem logo atrás da Italiana…Mas sobre o Dado, sinceramente é uma das melhores e mais honestas opções gastronômicas em Porto Alegre. Os preços são aceitáveis e a qualidade inegável.Mal posso esperar pelo evento de PT no Sushi do Dado… mas isso é assunto pro próximo post.

    maio 15, 2008 às 12:20 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s