Burn, baby, burn…

Dê-me paciência, São Anthony Bourdain!


Tem muita coisa que me irrita, mas ultimamente tem uma que está acontecendo com frequência: gente que vai comer no lugar errado. (Tem gente que vai nos lugares pra ver e ser visto ao invés de comer, mas isso é uma coisa que me irrita que vai ser abordada em outro post). Eu explico: alguém vai em uma churrascaria e reclama que o buffet de saladas tem pouca coisa? Não, ou pelo menos não deveria, afinal de contas, o bom-senso me diz que a salada NÃO É o motivo que leva alguém até lá. Então, por quê diabos tem gente que vai em um restaurante MEXICANO e RECLAMA que a comida está APIMENTADA? Ou ainda, o que tem na cabeça uma criatura que vai em um restaurante INDIANO e pede pro garçom sugerir o que tem com POUCO TEMPERO E POUCA PIMENTA! Sério: me dá vontade de xingar. Ou talvez passar curry na língua de quem faz isso (pra não dizer outro lugar, mas este é um blog de família…).
Será que eu é que sou chato e vou nos restaurantes sabendo que se trata? Ou as pessoas que merecem comer arroz e feijão o resto da vida? Já cansei de ver produtos sumindo das prateleiras (vide meu post anterior) pois “não vende”, restaurantes mudando o perfil ou as receitas pois “as pessoas não estão acostumadas”. Será que no resto do mundo é assim? Não sei, mas o Brasil que gosta de se gabar de ser um país com influência de várias etnias tem um povinho bem chato pra estas coisas…

Anúncios

5 Respostas

  1. Fer Guimaraes Rosa

    ha ha ha ha ha! isso eh mesmo dooose!
    bjs,

    agosto 17, 2008 às 3:13 pm

  2. klutz

    Bah… sem comentários… odeio frescura…

    setembro 4, 2008 às 11:52 am

  3. Mundo de Alice

    Concordo contigo em tudo!!!
    adorei teu blog
    já adicionei aos meus favoritos
    abs

    setembro 7, 2008 às 3:04 pm

  4. Anonymous

    Acontece sim. Estive em vários países e a cozinha “estrangeira” também é acomodada aos gostos locais. A comida Indiana na Arábia Saudita é “suavizada”, o churrasco brasileiro nos EUA vem com molho barbecue, a costeleta de porco (americana – baby pork ribs) no paquistão é feita com costela de boi e por aí vai…

    setembro 10, 2008 às 4:51 pm

  5. guilherme.atencio

    Obrigado pelos comentários, e obrigado ao anônimo por contar suas experiências.

    setembro 12, 2008 às 5:10 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s