Burn, baby, burn…

Fratello Sole

Depois de assistir Watchmen com o Guido e a Laura (microreview: filme do caralho. Sangue. Carla Gugino. Melhor história em quadrinhos já feita. Rorschach dá medo. Eu quero uma action figure do Comediante.) precisávamos comer alguma coisa. O Guido, como é um ancião, queria algo perto do Iguatemi. Eu não queria comer na praça de alimentação, e depois de algumas idas e vindas acabamos na Fratello Sole Pasta & Pizza.
Tirando a cara de bunda do garçom e o ar-condicionado polar, a experiência foi muito boa!

Guido e Laura pediram um risoto de abobrinha e camarão.
risoto-abobrinha-e-camarao

Confesso que achei o melhor prato da noite. Não que o risoto de filé e tomate cereja com páprica que eu pedi estivesse ruim, longe disso. Só não era tão bom.
risoto-file

Meu risoto estava gostoso, mas faltou alguma coisa que me empolgasse nele. Pareceu comum demais.

A Rebeca também fez uma escolha melhor que eu, pedindo um filé de congrio à Florentina, que é servido com um molho de mostarda preta e batatas.

peixe-florentina

Podia ter mais batatas, ou talvez algum outro vegetal para acompanhar, mas o peixe em si estava MUITO bom. O molho tinha mostarda na medida certa, sem se sobrepôr ao sabor do peixe, e a crosta do filé estava executada à perfeição: crocante e mantendo o interior bem cozido e molhado.

No fim a conta deu pouco mais de R$25, o que hoje em dia não dá pra considerar caro pelo tipo de comida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s