Burn, baby, burn…

Daimu, mais uma vez

Entrada
Hashi

E o Daimu, que já citei aqui antes, cada vez mais confirma a impressão inicial que eu tive. Ou seja, cada vez que vou lá (no rodízio do almoço ou no serviço a la carte durante a noite) eu saio de lá totalmente satisfeito e pensando que ele é provavelmente o melhor restaurante japonês de Porto Alegre.
Em uma das últimas vezes que fomos lá, uma das atendentes me falou que o serviço da noite agora tinha a opção da “sequencia especial”, o que me deixou curioso. Felizmente, a expectativa que eu criei não chegou nem perto do que nos esperava. É quase um menu degustação, com uma seleção de vários pratos clássicos da culinária japonesa.
A farra começa pela tradicional entrada de pepino adocicado e gergelim (sunomono):
Entrada

Seguindo com um carpaccio de salmão que tinha um interessante molho cítrico:
Carpaccio de salmão

Os empanados são deliciosos e consistem de lula, camarão, bolinho de cogumelos, bolinho de peixe, vagem e atum branco grelhado. Tudo acompanhado de uma maionese temperada e uma fatia de raiz de lótus frita, que serve mais pra decoração do que comida.
Empanados

Os sashimis estavam, como sempre, deliciosos. Pela primeira vez experimentei um que consistia de salmão recheado com gengibre e com uma finíssima fatia de nabo em volta. Os sabores se complementam perfeitamente.
Sashimi

Os sushis…..ah….perfeição é uma palavra forte, mas estes aqui chegam perto disso. Certamente são os melhores que eu já comi.
Menção honrosa para o de pele de salmão e o de atum flambado.
Sushi
Sushi
Sushi

O Gyoze não é nada de espetacular, mas é bem gostoso e bom para sair um pouco do tema “peixe cru”.
Gyoza

O tempurá estava no ponto. Nem gorduroso nem sem-graça.
Tempura

Nesse ponto, já estávamos ficando cheios, mas o cheiro maravilhoso me obrigou a comer tudo. Possivelmente o melhor yakisoba que já comi, com camarões, lula e vegetais cozidos no ponto.
Yakisoba

Pra fechar a noite e preencher todos os espacinhos que sobraram no estômago, um misoshiro reconfortante.
Misoshiro

Tudo isso por R$55 por pessoa é um preço muito justo, ainda mais quando levamos em conta que restaurantes japoneses estão surgindo aos magotes, mas restaurantes BONS ainda são poucos, principalmente com um custo-benefício destes.
Altamente recomendado.

Daimu

Dinarte Ribeiro, 169 – Moinhos de Vento – Porto Alegre
Segunda à sábado, das 11h as 14h e das 19h as 23h30min
(51) 3222-0038

Anúncios

10 Respostas

  1. Cara, primeiramente parabéns pelas lindas fotos e excelente post. Deu água na boca ao ver ele inteiro. E finalmente vou te rogar pragas por eu não estar junto nessa deliciosa tarefa… heheheheh.

    fevereiro 3, 2010 às 8:14 pm

    • guilhermeatencio

      Obrigado!
      Faz tempo que a gente não vai junto conhecer um lugar ou rever um lugar conhecido…

      fevereiro 3, 2010 às 8:16 pm

  2. Parabéns pelo site e as dicas, não esquecendo as fotos. Estive no DAIMU e fiquei extremamente decepcionado com o atendimento, lamentável a postura e agressividade do garçom, fui induzido a comer, sendo que ele me indicou a não comer fritura, absurdo.

    Fui com o desejo de experimentar pratos novos, ou seja, pedi um rodízio. Ele menosprezou o rodízio. Uma lastima. Pior, levei um casal de amigos para prestigiar e fiquei com uma tremenda vergonha e acabei pagando a conta pelo péssimo atendimento.
    Não piso nunca mais naquele lugar.

    Você teve muita sorte teve muita sorte no atendimento e continue postando novidades para que possamos prestigiar e por favor não interprete mal este comentário, de forma alguma é relativo ao teu site ou post.

    Esta foi a miha experiência. E creio fidedignamente que este tipo de comportamento somente é prejudicial a Casa (estabelecimento), muitos clientes são mal atendidos e vão em embora sem reclamar.

    Um abraço.

    DOUTMAN

    fevereiro 6, 2010 às 11:57 am

    • guilhermeatencio

      Olá DOUTMAN.
      Não ache que estou duvidando da veracidade de seu relato, mas eu fico intrigado em saber como isso foi acontecer no Daimu pois desde que conheci o restaurante já devo ter comido lá mais de 15 vezes e o atendimento foi sempre bom. Tu chegou a comunicar teu descontentamento com alguém do restaurante?

      fevereiro 6, 2010 às 5:39 pm

  3. Olá GUILHERME:

    Pra mim foi uma situação muita constrangedora, fui com a minha esposa e um casal de amigos.
    Sim, eu com a maior classe e educação na hora de efetuar o pagamento na mesa, com delicadeza, tom de voz baixa expressei o que ocorreu, creio que seja Gerente, ficou muito triste e se desculpou várias vezes pela arrogância do garçom. Repito novamente, quem perde é a casa com este tipo de péssimo atendimento e falta de tato. Me retirei e fui no Press. Pode apostar meu caro, minha lista de e-mails de amigos em POA e conhecidos que vem a POA já foram notificados pelo fato.

    Anota meu e-mail e podemos conversar mais abertamente, sendo que não quero criar polêmica e ser indelicado ou grosseiro no teu post e te descrevo via e-mail a situação e contexto.

    Esta foi uma situação fora da casinha, mas, faz parte meu ilustre.
    Uma lastima e eu me divirto com o fato.

    Força sempre

    DOUTMAN
    doutman@hotmail.com

    xxx

    fevereiro 7, 2010 às 7:57 am

  4. meu, que câmera tu tá usando? as fotos tão sensacionais. só não estão melhores do que esse setlist do daimu, que é imperdível mesmo!!

    fevereiro 7, 2010 às 9:58 pm

    • guilhermeatencio

      Se tu soubesse a manha, nem precisava ter me perguntado! Hehehehe
      Eu estou com uma Canon 500D. A qualidade das fotos tem mais a ver com a lente do que com a câmera em si. Não sei muito de fotografia, mas posso te dar mais detalhes das fotos se tu quiser.
      Abraço!

      fevereiro 7, 2010 às 10:25 pm

  5. puizé velho, não sei a manhã, hehehehehehehehe… to me sentindo mto excluído!!

    cara, parabéns mesmo. baita câmera. que lente estás usando? uma macro 50mm?

    tbm não sei fulhas de foto. mas o que levo como lema oficial é: de nada adianta ter a melhor câmera com a melhor lente, se a luz não ajuda 🙂

    fevereiro 8, 2010 às 9:47 pm

    • guilhermeatencio

      Quase acertou! É uma 50mm f/1.8, mas não é macro. Vou parar de te sacanear: as fotos tem o que se chama de EXIF, que é um arquivo que faz parte da imagem e dá detalhes sobre ela. Se não me engano, no Windows o programa padrão que abre as fotos mostra estes dados, quando tu clica com o botão direito e depois em algum lugar tipo “Sobre” ou “Info”.

      fevereiro 8, 2010 às 9:59 pm

  6. Marcela Sander

    Oi Guilherme! As fotos estão ótimas…. mas tu anda muito modesto dizendo que não sabe nada de fotografia! Até parece! Já tá “manjando” bem!!! heheheh
    Abraços

    fevereiro 14, 2010 às 6:50 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s