Burn, baby, burn…

Posts com tag “barato

Pastel de raiz

Não, não é pastel de aipim.
Meus amigos e minha família são uma fonte de sugestões para estas aventuras, como vocês já devem ter notado.
A que eu vou contar agora é cortesia do meu irmão, Ricardo, que já conhecia e falou tão bem do lugar que decidimos ir lá enquanto íamos para um pizzaria. Sim, ele nos fez mudar de curso, mas valeu a pena.
O lugar é chamado de Pasmania, o que me faz pensar se a intenção era um trocadilho com Tazmania+pastel. Independente disto, o pastel é bom, tem uma grande variedade de sabores e tem 3 tamanhos, o que eu acho ótimo, pois dá uma flexibilidade muito maior, apesar de causar aquelas dúvidas de sempre: como 1 grande ou 3 pequenos? Um médio salgado e um doce pequeno?

From Capsaicina

Seja qual for sua escolha, leve em conta que os pastéis são BEM recheados, praticamente não tendo espaço vazio na massa.

From Capsaicina

Ah, eles tem também bifes e outras coisas, como batata frita.

From Capsaicina

Os pastéis pequenos custam em torno de R$3, o que quer dizer que com 6 pila dá pra se alimentar bem.
São duas filiais: Gravataí e Cachoeirinha, ambas com opção de tele-entrega.
O site tem muita informação e deveria servir como exemplo para outros estabelecimentos.
Altamente recomendado!

Pasmania Pastéis


Xis Árabe

From Capsaicina

Quando eu era adolescente, um amigo me perguntou se eu conhecia o “Xis Árabe” de Esteio.
Eu achei que ele estava brincando ou que era um xis tradicional, só que o dono era alguém nascido no Oriente Médio.
Felizmente não era brincadeira e nem um mero artifício para identificar o lugar: era de fato algo diferente, chamado de Shawarma, ou Shoarma, e está presente em várias culturas.
O conceito é simples: tiras de carne (assada de uma maneira bem característica) e vegetais dentro de um pão chato.

From Capsaicina

Gostoso, barato e nutritivo. Eu sei que em Porto Alegre tem também, mas eu nunca experimentei, então não posso comparar.
Este de Esteio é bem simples: escolha se quer gado, frango ou misto e quais vegetais vão acompanhar.
Ah, escolha também o tamanho: pequeno ou grande. O pequeno tem um tamanho razoável e o grande é grande MESMO.

From Capsaicina
From Capsaicina

Os lanches custam em torno de R$10, o que eu acho um preço mais do que justo.
Pena que o que tinha em Canoas fechou, pois é ótimo pra quando eu estou com vontade de comer alguma coisa simples mas não quero comer o Xis bacon de sempre.

Contato

3473.2323 – 3473.8446 – 9695.4142
Av. Pres. Vargas, 2153

Centro – Esteio – RS


Gaudério sem glúten

O Igor Santos e a Meire Gomes, além de serem uma ótima companhia, me deram uma dica muito interessante: o Batchê Batata.
Motivados (imagino eu) pela impossibilidade de Meire ingerir glúten, eles foram conhecer este lugar, e realmente é uma boa alternativa pra sair das comidas de sempre.
O lugar em si é simpático, com dois ambientes meio pequenos mas nada que incomode.
IMG_6281
IMG_6282

A comida é feita em umas frigideiras que ficam expostas na parede, e não, eu não sei se as da parede são só decorativas.

IMG_6284

Tu pode escolher 2 tamanhos (450g e 900g) e muitos recheios diferentes. Os preços dos menor ficam em torno de R$14 e o do grande em torno de R$25, ambos com uma quantidade considerável de comida.

Batchê Batata

Batchê Batata

O site vale uma visita, pois é bem completo, com cardápio com preços e ingredientes e várias informações sobre o lugar e a comida. Tem também uma filial no Auxiliadora que eu ainda não visitei.

Pra quem está a fim de experimentar algo diferente do padrão, fica a sugestão.

Batchê Batata
Matriz: Cidade Baixa

ENDEREÇO:

Rua Gen. Lima e Silva, 1226
Bairro Cidade Baixa
Porto Alegre – RS
Telefone (51) 3221-4648

HORÁRIO DE ATENDIMENTO:

Almoço: terça a sábado,
das 11h as 14h (somente telentrega).

Janta: diariamente, das 18h as 23h
(c/ telentrega e salão).

Aos Domingos, almoço e janta
das 11h as 14h e das 18h as 23h
(c/ telentrega e salão).

Filial: Auxiliadora

ENDEREÇO:

Rua Eng° Carlos Trein Filho, 81
Bairro Auxiliadora
Porto Alegre – RS
Telefone (51) 3061-4648

HORÁRIO DE ATENDIMENTO:

Terça a Sábado: das 11h as 14h
e das 18h as 23h (almoço e janta
c/ telentrega e salão).

Segundas: das 18h as 23h,
somente janta (c/ telentrega e salão).


Churrasco pra quem gosta de carne

Tá, eu sei que soa estranho, mas tem gente que gosta de ir em churrascaria pra comer salada, polenta, aipim, rabanete, arroz, feijão, anéis de cebola, tomate, alface, cebola, farofa, queijo assado, abacaxi, pão com alho, banana a milanesa, salada de batata e, se couber, um coraçãozinho.
Eu prefiro ir em churrascaria pra comer CARNE, e portanto adorei a dica que um amigo me deu: a Churrascaria Giovanaz.

O lugar é sem frescura total: na mesa tem polenta, cebola em conserva, maionese caseira. No espetos (que não param de ser oferecidos) as carnes são simples também: salsichão, galeto, lombo, costela, maminha, coração e vazio.
Antes que você vire a cara, te digo o seguinte: TODAS essas carnes estavam macias e deliciosas. As carnes não são nobres mas são de altíssima qualidade e os garçons não ficam se fazendo pra te dar carne e ela vem no ponto certo. O preço é ridículo: R$18 por pessoa, o que ajuda a explicar o enorme movimento nos fins-de-semana.
Pra quer comer MUITA carne sem pagar caro, fica a dica.

From Capsaicina

Ah, antes que eu esqueça!
LEVE DINHEIRO!
Como diz ali, eles não trabalham com cartões.

Avenida Venâncio Aires, 28
Porto Alegre – RS, 90040-191
(0xx)51 3227-4217


Comida mexicana caseira

Eu gosto de pimenta, o que é óbvio pra quem me conhece e acompanha este blog a bastante tempo. Este meu gosto por pimenta me fez torcer um pouco o nariz quando vi o adendo “comida sem pimenta” na frente do restaurante mexicano indicado por um amigo meu.

From Capsaicina

Acreditando na indicação, fui mesmo assim e tive uma boa surpresa ao ver que o ambiente é caseiro, muito convidativo.

From Capsaicina

O cardápio é MUITO legal, todo decorado com desenhos temáticos e uma historinha em quadrinhos contando como montar e comer um taco.

From Capsaicina

A parte das bebidas segue a mesma linha, com uma ótima seleção de coquetéis.

From Capsaicina

Além dos pratos individuais, é oferecido (durante a noite) o Festivel Tex Mex, que vale muito a pena.

From Capsaicina

O dono é MUITO simpático, ficou um tempão conversando com a gente e contou toda a história do restaurante e da sua viagem ao México. Quando falei que gostava de pimenta, ele me trouxe uma seleção para “remediar” a falta dela.

From Capsaicina

Todas saborosas e cheias de capsaicina.

Vá com tempo para aproveitar o ambiente e a comida, que é farta e muito gostosa.

R. Gomes Portinho, 448 – Centro
Novo Hamburgo – RS


Revisitando o Suprem

Quase 4 anos atrás, eu falei sobre o almoço servido pelo Suprem, então acho que jé era hora de voltar lá e colocar umas fotos, né?
Pois bem, a comida continua tão boa quanto eu me lembrava. E bonita também.
Temperos indianos

Almoço indiano

Cconfesso minha inveja de gente como o Chef Alex Zarate, que consegue fazer uma comida vegetariana tão saborosa, provando que vegetarianos comem muito mais do que alface e proteína de soja. Eu simplesmente não tenho essa habilidade!
Eu não pretendo abrir mão de ser onívoro, mas se algum motivo médico/psicológico/social/holístico me obrigasse a isso, comida como essa tornaria as coisas bem mais fáceis.

Ah, e tem as sobremesas também. 🙂

Torta de chocolate com frutas vermelhas

Torta de maçã com sorvete de gengibre

Reforço o que já disse antes: comida boa, com preço justo e que te deixa bem alimentado e se sentindo bem.
Altamente recomendado!

Almoços diariamente, das 12h às 14h30. Aos domingos, o local tem banquete com pratos da Índia e apresentação de danças típicas.
http://restaurantesuprem.blogspot.com/

Rua Santo Antônio, 877,Porto Alegre-RS


Patrão do Xis

Seguindo a dica de um amigo (valeu Vlad!) fomos conhecer o tal Pampa Burger. Eu já tinha lido sobre o lugar no Destemperados mas não tinha me empolgado com ele, o que se revelou um grande erro.

Apesar de ser gaúcho, eu não tenho esse espírito ufanista de achar que tudo que é daqui é melhor (e confesso que acho até meio bobinho quando algum estabelecimento tenta usar o bagualismo como diferencial) mas tenho que admitir que neste caso o orgulho gaudério é justificado: a música é estritamente gauchesca, mas agradável; os pratos tem nomes alusivos a pessoas e lugares importantes dentro desta mitologia de CTG e o melhor de tudo é que a comida é MUITO boa.

From Instant Upload
From Instant Upload

O pão parece pão d´água, mas sem ser farelento. Os bifes são de carne 100% Angus, muito macios, e podem ser pedidos em 2 tamanhos diferentes:o petiço , de 100g e o bagual, de 180g. Eles tem também a opção de um hamburger de cordeiro que eu achei simplesmente MAGNÍFICO. A salada não chega desmaiada dentro do pão, e a maionese temperada combina bem com a carne. Talvez demore um pouco o preparo, mas a espera compensa.
Como acompanhamento, batata frita ou aipim. Ambos muito bem feitos e saborosos.

From Instant Upload

Ah sim. As porções grandes (que nem as da foto) são grandes mesmo.
Pra arrematar, eu sugiro fortemente que tu deixe um espacinho para um milkshake de sobremesa.

From Instant Upload

Pedimos um pequeno pois estávamos todos cheios, mas acabamos disputando os últimos mLs. Pra baixar a comida, dei uma volta pela casa e vi um dos motivos do sucesso: o braseiro. Tudo é grelhado em um braseiro, dando aquele gostinho de fumaça e um leve ar de churrasco em tudo.

From Instant Upload
From Instant Upload

Os preços são justos, levando em conta a qualidade da comida e o tamanho dos sanduíches. os pratos executivos eu ainda não provei.
A casa oferece um horário que agrada ximangos e maragatos: diariamente das 11h as 6h, ou seja, praticamente qualquer hora que der fome, vai estar aberto.
Sei que vai soar estranho, mas se o Burger King tivesse surgido no Rio Grande do Sul, acho que ia ser assim.
http://www.pampaburger.com.br
Av. Venâncio Aires, 57 quase esquina José do Patrocínio.
Aberto diariamente das 11h as 6h.
Fone 51 3221.5775