Burn, baby, burn…

Posts com tag “carne

Xis Árabe

From Capsaicina

Quando eu era adolescente, um amigo me perguntou se eu conhecia o “Xis Árabe” de Esteio.
Eu achei que ele estava brincando ou que era um xis tradicional, só que o dono era alguém nascido no Oriente Médio.
Felizmente não era brincadeira e nem um mero artifício para identificar o lugar: era de fato algo diferente, chamado de Shawarma, ou Shoarma, e está presente em várias culturas.
O conceito é simples: tiras de carne (assada de uma maneira bem característica) e vegetais dentro de um pão chato.

From Capsaicina

Gostoso, barato e nutritivo. Eu sei que em Porto Alegre tem também, mas eu nunca experimentei, então não posso comparar.
Este de Esteio é bem simples: escolha se quer gado, frango ou misto e quais vegetais vão acompanhar.
Ah, escolha também o tamanho: pequeno ou grande. O pequeno tem um tamanho razoável e o grande é grande MESMO.

From Capsaicina
From Capsaicina

Os lanches custam em torno de R$10, o que eu acho um preço mais do que justo.
Pena que o que tinha em Canoas fechou, pois é ótimo pra quando eu estou com vontade de comer alguma coisa simples mas não quero comer o Xis bacon de sempre.

Contato

3473.2323 – 3473.8446 – 9695.4142
Av. Pres. Vargas, 2153

Centro – Esteio – RS

Anúncios

Churrasco pra quem gosta de carne

Tá, eu sei que soa estranho, mas tem gente que gosta de ir em churrascaria pra comer salada, polenta, aipim, rabanete, arroz, feijão, anéis de cebola, tomate, alface, cebola, farofa, queijo assado, abacaxi, pão com alho, banana a milanesa, salada de batata e, se couber, um coraçãozinho.
Eu prefiro ir em churrascaria pra comer CARNE, e portanto adorei a dica que um amigo me deu: a Churrascaria Giovanaz.

O lugar é sem frescura total: na mesa tem polenta, cebola em conserva, maionese caseira. No espetos (que não param de ser oferecidos) as carnes são simples também: salsichão, galeto, lombo, costela, maminha, coração e vazio.
Antes que você vire a cara, te digo o seguinte: TODAS essas carnes estavam macias e deliciosas. As carnes não são nobres mas são de altíssima qualidade e os garçons não ficam se fazendo pra te dar carne e ela vem no ponto certo. O preço é ridículo: R$18 por pessoa, o que ajuda a explicar o enorme movimento nos fins-de-semana.
Pra quer comer MUITA carne sem pagar caro, fica a dica.

From Capsaicina

Ah, antes que eu esqueça!
LEVE DINHEIRO!
Como diz ali, eles não trabalham com cartões.

Avenida Venâncio Aires, 28
Porto Alegre – RS, 90040-191
(0xx)51 3227-4217


O dia em que a gula encontrou a soberba

Churrasco é uma coisa tão difundida, tão entranhada na cultura gaúcha, tão comum, que acaba entrando naquela categoria do “é ruim, mas tá bom”, e qualquer carne assada razoável já é suficiente, principalmente se o preço for bom.
Já ouvi gente dizer “o churrasco não é grande coisa, mas enchi a barriga de carne, então tá bom” e não dar bola por ter comido um churrasco meia-boca.
A Churrascaria Vitória, em Canoas, tem carnes boas, mas o atendimento no almoço de hoje me deixou realmente decepcionado.
O estabelecimento (pela terceira vez) fez uma coisa que me incomodou, só que hoje foi um pouco pior: quando reclamei com o dono/gerente/cacique, ele simplesmente tentou me mostrar que o errado era eu. Nas palavras dele, “400 pessoas comeram aqui hoje e só vocês reclamaram disso. Deve ter alguma coisa errada aí.”

Voltando pra casa e pensado no ocorrido, fiquei pensando: será eu que sou chato ou o público em geral está acomodado?
Este texto aqui me fez pensar nisso. E eu realmente acredito que só eu tenha reclamado. Eu realmente acredito que os outros 397 passaram pela mesma coisa e preferiram deixar pra lá, e isso me deixa mais triste do que o fato de que fui destratado em um restaurante.


Final do Espeto de Ouro

Pois bem, o concurso Lebon Espeto de Ouro tem seu ganhador!

Clique aqui pra ver o resultado, e pra ver mais detalhes, vai lá nos Destemperados que eles fizeram uma cobertura especial do evento, que teve até a presençao do Bairrista.


Patrão do Xis

Seguindo a dica de um amigo (valeu Vlad!) fomos conhecer o tal Pampa Burger. Eu já tinha lido sobre o lugar no Destemperados mas não tinha me empolgado com ele, o que se revelou um grande erro.

Apesar de ser gaúcho, eu não tenho esse espírito ufanista de achar que tudo que é daqui é melhor (e confesso que acho até meio bobinho quando algum estabelecimento tenta usar o bagualismo como diferencial) mas tenho que admitir que neste caso o orgulho gaudério é justificado: a música é estritamente gauchesca, mas agradável; os pratos tem nomes alusivos a pessoas e lugares importantes dentro desta mitologia de CTG e o melhor de tudo é que a comida é MUITO boa.

From Instant Upload
From Instant Upload

O pão parece pão d´água, mas sem ser farelento. Os bifes são de carne 100% Angus, muito macios, e podem ser pedidos em 2 tamanhos diferentes:o petiço , de 100g e o bagual, de 180g. Eles tem também a opção de um hamburger de cordeiro que eu achei simplesmente MAGNÍFICO. A salada não chega desmaiada dentro do pão, e a maionese temperada combina bem com a carne. Talvez demore um pouco o preparo, mas a espera compensa.
Como acompanhamento, batata frita ou aipim. Ambos muito bem feitos e saborosos.

From Instant Upload

Ah sim. As porções grandes (que nem as da foto) são grandes mesmo.
Pra arrematar, eu sugiro fortemente que tu deixe um espacinho para um milkshake de sobremesa.

From Instant Upload

Pedimos um pequeno pois estávamos todos cheios, mas acabamos disputando os últimos mLs. Pra baixar a comida, dei uma volta pela casa e vi um dos motivos do sucesso: o braseiro. Tudo é grelhado em um braseiro, dando aquele gostinho de fumaça e um leve ar de churrasco em tudo.

From Instant Upload
From Instant Upload

Os preços são justos, levando em conta a qualidade da comida e o tamanho dos sanduíches. os pratos executivos eu ainda não provei.
A casa oferece um horário que agrada ximangos e maragatos: diariamente das 11h as 6h, ou seja, praticamente qualquer hora que der fome, vai estar aberto.
Sei que vai soar estranho, mas se o Burger King tivesse surgido no Rio Grande do Sul, acho que ia ser assim.
http://www.pampaburger.com.br
Av. Venâncio Aires, 57 quase esquina José do Patrocínio.
Aberto diariamente das 11h as 6h.
Fone 51 3221.5775


Entupindo as artérias com sofisticação

Resolvi fazer hamburgueres ontem, motivado por puro descontentamento com o Mc Donald´s.
Imbuído de espírito aventureiro, fiz os bifes recheados com gorgonzola. Obviamente que o bacon também estava presente, mas junto com cogumelos salteados na manteiga.
Batatas fritas me pareceram muito mundanas, então fiz um tempura de agrião roxo como acompanhamento, que foi totalmente aprovado, principalmente pelo Carlo, que quase saiu no tapa para poder comer os últimos pedacinhos.
Hamburger pretensioso


Fazenda Barbanegra

Placa da entrada
Depois de ler sobre a Fazenda Barbanegra no Garfada. fiquei curioso pra conhecer e experimentar as carnes lá disponíveis.
Minha meta era finalmente comer molleja, uma iguaria uruguaia que em bom Português é chamada de timo.
Cara esquisita
Se você fez uma cara que nem essa do Carlo quando falei em comer glândulas de animais, acalme-se. De vez em quando é bom sair da nossa zona de conforto e experimentar coisas diferentes. Tudo bem não gostar de comer algumas coisas, mas decidir que não gosta sem nem experimentar é (desculpem-me a franqueza) ser muito tacanho. Tá, chega de lição de moral e vamos ao que interessa: a comida.
O couvert é bem simpático, com manteiga, uma pastinha verde com manjericão e um patê de fígado muito bom.
Couvert
O timo e a calabresa são bem como o Träsel descreveu: deliciosos. Carlo adorou.
Timo e calabresa
Para completar a festa, a Rebeca EXIGIU um Filé de porco com gorgonzola e geléia de amora.
Porco com gorgonzola e geléia de amora
Eu gostei do prato, mas pessoalmente colocaria menos queijo ou um gorgonzola que fosse menos salgado, pois lá pelo fim eu já estava enjoando dele. A Rebeca achou irretocável e nós todos concordamos que o prato é excelente.
Picanha de cordeiro
A picanha de cordeiro estava cozida à perfeição, tenra e bem-cozida.
Arroz Antônio Chavez Barcellos
O acompanhamento, uma porção de Arroz Antônio Chavez Barcellos, é bom, mas ficou meio sem-graça comparado aos outros sabores. Provavelmente foi uma má escolha da nossa parte ao invés de um problema com o prato em si.
No fim, nem sobrou espaço para sobremesa. Achei muito simpático quando o dono foi até nossa mesa perguntando como estava sendo nossa experiência. Saímos de lá muito satisfeitos com a comida, com o serviço e com vontade de experimentar as outras opções do cardápio. A orgia toda deu em torno de R$35 pra cada um.
Fortemente recomendado.